Sinistralidade Rodoviária

Evolução da Sinistralidade na Rede Rodoviária IP
 

Na última década Portugal registou progressos consideráveis na redução da sinistralidade rodoviária, verificando-se em 2019 (474 VM). A Rede IP acompanhou essa tendência até 2016, evidenciando-se como a rede que mais reduziu nos últimos 10 anos, não obstante de entre 2016 a 2018 registar um incremento.

Nos últimos 20 anos enquanto a sinistralidade rodoviária nacional reduziu 70,9%, a rede IP reduziu 81,8%.

Sinistralidade da Rede IP em Portugal

Portugal e a Europa
Terceiro Conteudo

Portugal tem vindo a fazer muitos progressos ao nível da redução da sinistralidade rodoviária, registando em 2019, 23% acima da média UE28. Recorde-se que há 20 anos atrás, Portugal tinha quase três vezes mais   do número de VM por milhão de habitante.
Para tal contribuíram os investimentos realizados nas últimas décadas, nomeadamente, a execução do PRN2000 que passou de uma taxa de execução de 23,0% para 74,0%.

Parte do sucesso desta evolução deve-se à atuação da IP na infraestrutura rodoviária, tal como a evolução da segurança dos veículos e as políticas adotadas por Portugal e a União Europeia na redução da sinistralidade rodoviária.

Na imagem em baixo, salienta-se a média dos 28 Estados Membros da União Europeia do número de VM por milhão de habitantes face ao registo de Portugal em 2019.

Portugal na Europa - 2019

Número de vítimas mortais por milhão de habitantes

Campanhas de Sensibilização

No dia Europeu da Segurança Rodoviária, 9 de maio de 2019, a IP assinou um protocolo de colaboração com a GNR para a promoção da Campanha Nacional de Segurança Rodoviária “Vamos Refletir”.

Esta campanha envolveu diversas ações de informação e sensibilização destinadas aos peões, sobretudo crianças, idosos e ciclistas, alertando para a necessidade de se manterem atentos ao perigo a que estão expostos nas vias rodoviárias, principalmente nas travessias urbanas.

Vamos Refletir – Juntos pela segurança rodoviária

Vamos Refletir

Torne-se visível – Peregrinação a Fátima 2019

A IP promoveu esta campanha com a recomendação aos peregrinos para escolherem caminhar em estradas alternativas, com menos tráfego, evitando os Itinerários Principais (IP) e os Itinerários Complementares (IC), e com recomendações a todos os peregrinos e automobilistas para o cumprimento de regras de segurança.

Recomendações de Segurança
fundoFinanciamento1

Túnel do Marão

O que fazer em caso de incêndio?

fundoFinanciamento1

Serra da Estrela - Inverno em Segurança

Centro de Limpeza da Neve