Estratégia da IP

A Estratégia Energética 2017-2020 para o Grupo IP assenta sobre sete eixos principais que traduzem uma visão, um conjunto focado de prioridades e um enunciado de medidas que permitem materializar as linhas de orientação instituídas.
 

Estratégia IP Energia

 
Eixo 1: Política de Gestão de Energia, a qual estabelece o compromisso do Grupo IP em alcançar a melhoria do desempenho energético.
 

Política Energética

 
Eixo 2: Modelo Organizativo da Gestão de Energia no Grupo IP, o qual corresponde a um modelo organizativo funcional, não hierárquico, e de trabalho em rede. Este modelo ajusta-se a uma realidade que se pretende seja de construção de uma organização em crescimento no Grupo IP, no âmbito da gestão da energia, respondendo afirmativamente às exigências, internas e externas, e assegurando que os escassos recursos materiais e humanos são utilizados da forma mais eficaz e onde são mais precisos.
 
Eixo 3 - Plano Geral de Eficiência Energética do Grupo IP, o qual estabelece metas e prazos, no período de 2017-2020, para concretizar a redução de consumos energéticos, além dos consumos energéticos de referência.
 
Eixo 4 – Unidades de Consumo Energético, instituídas face à natureza das atividades desenvolvidas na IP com o propósito de (i) organizar os consumos energéticos por grandes famílias, (ii) estabelecer a respetiva situação de partida de cada unidade e (iii) identificar medidas de poupança de energia que contribuam para uma utilização racional da energia, sinónimo de eficiência energética. 
 
Eixo 5 – Sistema de Certificação Energética de Edifícios, que permitirá aos seus utilizadores conhecer o desempenho energético dos mesmos. Simultaneamente, permitirá, em contexto de edifícios novos, criar mecanismos de verificação do cumprimento dos requisitos térmicos a que esses edifícios estão sujeitos e, em edifícios existentes, constituir-se como um elemento de promoção e de identificação de quais as medidas que podem conduzir a uma melhoria no desempenho energético e conforto dos seus utilizadores.
 
Eixo 6 - Sistema de Auditorias Energéticas, processo sistemático através do qual se obtem um conhecimento adequado sobre as características de consumo energético de um edifício ou de um conjunto de edifícios, de frotas, de uma atividade ou de uma instalação industrial ou comercial, de serviços públicos ou privados.
 
Eixo 7- Sistema de Gestão de Energia da IP, que tem como objetivo implementar as medidas necessárias para melhorar o seu desempenho energético, tendo como referência o normativo ISO 50001, que representa a mais recente e eficaz das práticas internacionais em matéria de Gestão de Energia.
 
 

Sistema de Auditorias Energéticas

 
De salientar que a realidade da IP conduz à existência de dois grandes grupos consumidores de energia:
(i) o consumo de energia elétrica para tração dos comboios, diretamente relacionado com o serviço prestado pela IP de “fornecimento de uma infraestrutura de transporte ferroviário”, e (ii) os consumos de energia inerentes aos sistemas e processos que sustentam a restante atividade da empresa.
 
A Estratégia Energética 2017-2020 para o Grupo IP visa atuar apenas no segundo grupo, “consumos de energia inerentes aos sistemas e processos que sustentam a restante atividade da empresa”.