Comunicação de Irregularidades

Enquadramento

A Política de Comunicação de Irregularidades pretende reforçar as medidas de transparência e de gestão de risco em vigor nas empresas do Grupo IP, adotando boas práticas recomendadas pelo Instituto Português de Corporate Governance.

Objetivo

O objetivo desta Política é o de disponibilizar aos colaboradores e outros interessados das empresas que integram o Grupo IP um canal direto, idóneo e com a garantia da confidencialidade de todo o processo, para comunicar situações detetadas sobre as quais exista fundada suspeita de constituírem irregularidade.

Requisitos

A comunicação deve identificar a situação detetada que possa constituir irregularidade por violar ou prejudicar:
  • princípios legais, regulamentares, deontológicos, éticos, bem como normativos e orientações internas;
  • a integridade da informação financeira, das práticas contabilísticas;
  • o património das empresas do Grupo IP;
  • a imagem das empresas do Grupo IP ou das boas práticas de gestão, incluindo domínios como conflito de interesses, desperdício de fundos, má gestão, abuso de autoridade. 
A irregularidade deve ser comunicada por escrito, por correio eletrónico ou postal, conforme consta da Política de Comunicação de Irregularidades.