Organização do Corredor

Alinhados no objetivo de aumento da competitividade e quota modal do transporte ferroviário internacional de mercadorias, os governos de Portugal, Espanha, França e Alemanha, e os respetivos gestores de infraestrutura ferroviária, criaram órgãos administrativos comuns para a implementação, gestão e supervisão do Corredor Atlântico.
 
A estrutura de governação do Corredor Atlântico insere-se no espirito do Regulamento (EU) n.º 913/2010, de 22 de setembro, alterado pelo Regulamento (EU) N.º 1316/2013 de 11 de dezembro, o qual tem como objetivo o desenvolvimento de um mercado ferroviário interno, nomeadamente no quer diz respeito ao tráfego de mercadorias, através da criação de corredores dedicados.
 
O tráfego internacional de mercadorias representa atualmente para o Corredor Atlântico, cerca de 299 milhões de toneladas, das quais, apenas aproximadamente 4% são movimentadas através da ferrovia, o que revela um elevado potencial de crescimento da quota modal da ferrovia. Apoiado no objetivo estratégico comum de aumentar a quota modal da ferrovia, o Corredor Atlântico torna-se um veículo privilegiado para esse fim, contribuindo, simultaneamente, para a sustentabilidade ambiental do transporte internacional de mercadoria assim como para a sua competitividade económica.
 
Tendo em vista o reforço da união entre os quatro países, assim como, dos respetivos gestores de infraestrutura – ADIF, DB Netz, IP and SNCF Réseau – em torno dos objetivos estratégicos já mencionados, foi acordada a criação de um Conselho de Gestão para o Corredor Atlântico capaz de assegurar a coordenação, a gestão e a operação de todo o trabalho associado ao corredor de mercadorias.
 
O Conselho de Gestão do corredor é representado pelo grupo europeu de interesse económico denominado “AEIE-CORREDOR ATLÂNTICO”, cuja sede está localizada em França, na Avenida de França, n.º 92, 75013 PARIS.
 
O Conselho de Gestão do AEIE-CORREDOR ATLÂNTICO é composto pelos seguintes elementos:
 
Presidente da Assembleia
ANTÓNIO LARANJO
 
Gerente
JACQUES COUTOU
 
Diretores Adjuntos 
LORENZO JARO ARIAS | CHRISTIAN MINGE | EDUARDO BORGES PIRES
 
Controlador de Gestão
PEDRO PAIS
 
Responsável do Balcão Único (C-OSS)
FELIX BARTOLOME ALONSO
 
De acordo com o Regulamento (EU) n.º 913/2010, o AEIE-CORREDOR ATLÂNTICO inclui um departamento de gestão da capacidade associada ao tráfego internacional dentro do corredor – o Balcão Único ou C-OSS (Corridor One-Stop Shop). O Balcão Único está localizado em Madrid.
 

 

Diagrama Funcional 625.08 KB
Organograma 277.19 KB