Plano de Contingência CORONAVIRUS [COVID-19]

No cumprimento das orientações definidas pelo Governo e pela Direção Geral da Saúde (DGS) no que se refere à pandemia de saúde pública associada ao vírus COVID-19, a Infraestruturas de Portugal definiu um Plano de Contingência, aplicável a todas as empresas do Grupo IP, que cobre as diversas áreas de atividade da empresa.

O Plano de Contingência, que se encontra em fase de implementação, tem como objetivo estabelecer a estratégia, os procedimentos e as medidas destinadas a assegurar as condições de segurança e de saúde dos trabalhadores, numa ótica de prevenção e ainda garantir a operacionalidade e funcionalidade da Infraestruturas de Portugal numa eventual situação de crise.

Este Plano tem como princípios subjacentes:

  • Proteger a saúde dos trabalhadores através da limitação do risco de contaminação, nos locais de trabalho.
  • Garantir a continuidade das funções nucleares da empresa, assegurando a manutenção dos serviços considerados essenciais.
  • Envolver os prestadores de serviços, fornecedores e clientes no sentido de também estes estruturarem os seus Planos de Contingência, definindo serviços essenciais compatíveis com os serviços essenciais da Infraestruturas de Portugal.

Destacam-se algumas medidas já adotadas pela empresa:

  • Ampla divulgação das recomendações para as práticas de higiene, ventilação das salas e distanciamento social; 
  • Cancelamento de todos os eventos e reuniões nas instalações da empresa;
  • Promoção de reuniões por vídeo e teleconferência;
  • Cancelamento de participação de colaboradores em todos os eventos públicos;
  • Proibição de viagens ao estrangeiro; 
  • Incremento  de atividades de limpeza e desinfeção dos espaços;
  • A criação do Plano de Contingência geral da empresa e a criação de Planos de Contingência específicos para todas as equipas com impacto direto operacional crítico nos serviços prestados aos clientes.

Nesta área encontra-se disponível o Plano de Contingência definido para o Grupo IP.

A Infraestruturas de Portugal continuará empenhada em colaborar com as entidades competentes para, dentro das suas capacidades e competências, poder contribuir para a mitigação dos efeitos do surto de Coronavírus COVID - 19 junto das populações.