Linha do Algarve

Síntese do Projeto

O projeto de Eletrificação da Linha do Algarve é parte integrante do programa de investimentos Ferrovia 2020. A Linha do Algarve pertence à rede Global (Comprehensive Network) da rede transeuropeia de transportes RTE-T. A ligação à Rede Principal (Core Network) é efetuada através da Linha do Sul.
 
O projeto ferroviário previsto para a Linha do Algarve visa aumentar a competitividade e sustentabilidade deste corredor horizontal e melhorar o arco metropolitano do Algarve, sendo esta intervenção estratégica para o setor do turismo nacional.
 
A realização deste projeto apresenta um potencial elevado de captação de tráfego no que concerne ao transporte de passageiros, sendo de destacar, ao nível da dimensão de intermodalidade, a melhoria de ligações consideradas insuficientes a núcleos urbanos densos, interfaces, equipamentos públicos, serviços e indústria localizados ao longo deste eixo ferroviário.
 
O projeto de eletrificação da Linha do Algarve visa potenciar as condições de exploração da via férrea, num contexto de viabilidade do sistema ferroviário não dependente de combustíveis fosseis. 
 
Para além da eletrificação dos troços Tunes-Lagos e Faro–Vila Real de Santo António, será também efetuada a ampliação da Subestação de Tração Elétrica (SST) existente em Tunes e a instalação de uma nova SST em Olhão, bem como a ligação desta nova SST à rede elétrica nacional (alimentação elétrica) 

Tunes-Lagos

A modernização do Troço Tunes (ponto quilométrico 301,889) – Lagos (ponto quilométrico  347,210) contempla:

  • Eletrificação e instalação do sistema de Retorno de Corrente de Tração, Terras e Proteções (RCT+TP);
  • Ampliação da SST Tunes (2x12 MVA), situada ao Pk 301,330 da Linha do Sul, da qual dependerá o fornecimento de alimentação elétrica ao troço Tunes – Lagos;
  • Montagem de Feeder de Reforço a partir da atual SST Tunes até sensivelmente a meio do troço;
  • Instalação de Zona Neutra à saída de Tunes;
  • Trabalhos complementares que garantem as condições para eletrificação.

Tunes-Faro

A modernização do Troço Tunes (ponto quilométrico ponto quilométrico 301,889) – Faro (ponto quilométrico 340,008) contempla:

  • Alteração do sistema de Retorno de Corrente de Tração, Terras e Proteções (RCT+TP) para acomodar a eletrificação dos troços adjacentes;
  • Instalação de nova Zona Neutra de separação elétrica entre SST Tunes e a nova SST;
  • Trabalhos complementares associados à eletrificação dos troços adjacentes.

Faro-Vila Real de Santo António

A intervenção no Troço Faro (ponto quilométrico 340,008) – Vila Real de Santo António (ponto quilométrico  396,468) contempla:

  • Eletrificação e instalação do sistema de Retorno de Corrente de Tração, Terras e Proteções (RCT+TP);
  • Instalação de nova SST;
  •    Alimentação elétrica em Muito Alta Tensão ou Alta Tensão para ligação da nova SST à rede elétrica nacional (sob concessão da REN ou da EDP, em definição);
  • Eletrificação das linhas III, G5 e G7 da Estação de Faro para receção de potenciais novos comboios;
  • Trabalhos complementares que garantem as condições para eletrificação.

Financiamento Comunitário

POCI-04-2655-FEC-000009 Linha do Algarve - Eletrificação

  • Custo total elegível: 64,8 milhões de euros
  • Valor de Comparticipação: 48,7 milhões de euros 
  • Apoio financeiro público nacional: 16,1 milhões de euros 
  • Mais informação

Notícias relacionadas