Linha da Beira Alta

2020-11-19

No passado dia 13 de novembro foi assinado o contrato da empreitada de modernização do troço da Linha da Beira Alta, entre Celorico da Beira e Guarda, com o consórcio CONDURIL - Engenharia, S.A. / Somafel - engenharia e Obras Ferroviárias, S.A. / TEIXEIRA DUARTE – Engenharia e Construções, S.A., pelo valor de 53.112.000,00 euros.

Esta intervenção é desenvolvida no âmbito do programa Ferrovia2020 para a expansão e modernização da Rede Ferroviária Nacional, comparticipado pela União Europeia.
O contrato será agora remetido para o Tribunal de Contas para a obtenção do necessário Visto Prévio. 

 

Empreitada de Modernização do troço da Linha da Beira Alta entre Celorico da Beira e Guarda 

Com um prazo de execução de 751 dias a empreitada a executar consiste na renovação integral da superestrutura de via, num um troço com cerca de 46 quilómetros, prevendo ainda a alteração do layout das estações de Celorico da Beira, Pinhel, Vila Franca das Naves e Guarda, de forma a assegurar o cruzamento de comboios de 750 metros de comprimento e otimização das condições de exploração, bem como o alteamento, alargamento e prolongamento de plataformas nestas estações ferroviárias.

No âmbito da empreitada serão suprimidas as Passagens de Nível de Celorico Gare e a de Baraçal, aos quilómetros 168,135 e 173,173, respetivamente. Como alternativas de atravessamento, será realizada a construção dos respetivos desnivelamentos e restabelecimentos, assegurando melhores condições de segurança para os utilizadores.

A “Empreitada do Troço Celorico da Beira – Guarda integra a Ação 2015-PT-TM-0395-M - Ligação Ferroviária Aveiro-Vilar Formoso no Corredor Atlântico: Linha da Beira Alta (Pampilhosa-Vilar Formoso), aprovada ao abrigo do Programa CEF (Mecanismo Interligar a Europa) com uma taxa de cofinanciamento de 85%.