IP participa na reunião sobre "Ecological Connectivity”

2021-02-25

 

Realiza-se entre 2 e 4 de março a reunião online sobre "Ecological Connectivity”. Um evento organizado pela  Comissão Europeia, representada pela NEEMO - equipa de Monitorização Externa, responsável pelo acompanhamento dos projetos LIFE - e pela EASME - Agência Europeia para Pequenas e Médias Empresas, responsável pela gestão dos Programas Comunitários em matéria de ambiente -, onde será debatido o tema da Conetividade Ecológica entre áreas protegidas e não protegidas, para resposta aos objetivos da Estratégia de Biodiversidade da União Europeia (UE) para 2030.

Presente na reunião em representação da Infraestruturas de Portugal (IP) estará Graça Garcia, que no dia 3 de março apresentará o projeto "LIFE LINES - Linear Infrastructure Networks with Ecological Solutions - Reducing Fauna Roadkills and Improving Connectivity", as ações implementadas pela IP neste âmbito, a eficácia demonstrada por cada uma delas e as aprendizagens obtidas para a sua aplicação no futuro.

O convite à participação da IP decorre dos resultados obtidos com o Projeto LIFE LINES, da sua implementação, das soluções testadas para melhoramento de corredores ecológicos e dos importantes resultados conseguidos. A visão da empresa enquanto Gestora de Infraestruturas, a praticabilidade e benefícios da replicação das soluções testadas noutras áreas onde se revelem necessárias, os desafios e oportunidades e o facto de ser um exemplo bem-sucedido de parceria entre Instituições Públicas (Gestão das Infraestruturas) e Universidades (Investigação), foram outros fatores para a presença da IP no evento.

Esta iniciativa reunirá cerca de 70 projetos LIFE e H2020, bem como outras organizações que trabalham no domínio da proteção da natureza, com o objetivo de recolher e debater os resultados e aprendizagens obtidas. 

Além de apresentações de projetos LIFE em diversos países europeus, este evento vai incluir uma série de oradores internacionais especialistas no tema, sendo que apenas dois Projetos são portugueses: o LIFE LINES e o LIFE WOLFlux, que visa promover as condições ecológicas e socioeconómicas necessárias para apoiar uma subpopulação de lobo ibérico viável a sul do Rio Douro.

A adoção da Estratégia de Biodiversidade da União Europeia para 2030 , pretende colocar a Europa na via da recuperação ecológica, incluindo a construção de uma “rede transeuropeia de natureza verdadeiramente coerente e resiliente” e “corredores ecológicos para prevenir o isolamento genético, permitir a migração das espécies e manter e melhorar a saúde dos ecossistemas”.

 

Consulte o Programa: