IP vai realizar empreitada de reforço da segurança rodoviária em várias estradas no distrito de Lisboa

2020-11-28

Foi publicado em Diário da República no passado dia 26 de novembro, um concurso público para a melhoria das condições de segurança na EN1 na Ota e na EN3 no Carregado, ambas no distrito de Lisboa.

A intervenção a executar visa a melhoria das condições de segurança em três troços da rede rodoviária do distrito de Lisboa, designadamente na EN1 ao quilómetro 45,300, na localidade da Ota; na EN1 ao quilómetro 3,500, na localidade da Vala do Carregado; e na EN3 entre os quilómetros 0,100 e 0,300, na localidade do Carregado.

A intervenção ontem lançada, consiste essencialmente na remodelação do Ambiente Rodoviário que inclui trabalhos como a construção de uma rotunda, reforço do pavimento existente, correção e reforço do sistema de Drenagem Longitudinal e Transversal e reabilitação do sistema de Sinalização e Segurança. 

Com a intervenção ao quilómetro 45,300 da EN1 pretende-se retificar o traçado em planta e perfil longitudinal, tendo por objetivo a melhoria da coordenação do traçado e de melhores condições de visibilidade.

No outro troço da EN1 a intervencionar, a empreitada consiste essencialmente na construção de uma rotunda no cruzamento com a EN1-3 e uma via secundária, de modo a reduzir as áreas de conflito, constituindo ainda uma medida de acalmia de tráfego local.

Por fim, no trecho da EN3 compreendido entre os quilómetros 0,100 e 0,300, a intervenção envolve o alargamento do passeio poente, a geometrização de zonas de estacionamento e de uma paragem para autocarros, assim como, a materialização de um ilhéu direcional de maiores dimensões na Av. Cabo da Boa Esperança. Irá também compreender a construção de um separador/abrigo a executar nas imediações do quilómetro 0,125, de modo a melhorar as condições de segurança no atravessamento da EN3.

O concurso, que se encontra agora em fase de receção de propostas, tem um preço base de 550 mil euros e um prazo de execução de 240 dias.