Estação de São Bento - preservação do património

2020-09-01

Conhecida pela arquitetura e pelos magníficos painéis de azulejos do pintor Jorge Colaço, a Estação de São Bento, na cidade do Porto, está classificada como imóvel de interesse público e recebeu vários prémios e distinções.

Para preservar este património, a IP vai avançar até ao final do ano com uma intervenção de conservação e restauro do teto do átrio principal da Estação.

Esta intervenção representa um investimento de cerca de 440 mil euros e irá abranger:

  • o restauro do teto do átrio da Estação,
  • a substituição da cobertura sobre o átrio da estação,
  • a colocação de passadiços no interior do teto para inspeções e futuras intervenções,
  • a colocação de um sistema anti-pombos no interior da estação.

O projeto foi aprovado pela Direção Geral de Conservação do Norte, por se tratar de um edifício classificado.

  

 

Veja AQUI a reportagem emitida pela TVI sobre esta emblemática estação.

 

Estação de São Bento - Prémios e Reconhecimentos

  • Classificada como Imóvel de Interesse Público (IIP), em dezembro de 1997 (Estação Ferroviária de São Bento, incluindo a gare metálica, os painéis de azulejos e a boca de entrada no túnel)
  • Eleita, em agosto de 2011, pela revista norte-americana “Travel + Leisure”, uma das 14 mais belas estações do mundo
  • Eleita, em maio de 2012, uma das 10 mais belas estações do mundo pela revista norte‑americana “Flavorwire”
  • Prémio Intervenção de Conservação e Restauro SOS Azulejo 2013 (Contributo para a valorização do património azulejar português pela reabilitação dos painéis de azulejo)
  • Prémio Brunel Awards, 2014 (Projeto de Reabilitação de Painéis de Azulejo)
  • Menção Honrosa para “The Passenger Hostel”, 2019 (Prémio Nacional de Turismo, na categoria de Alojamento Local)

A obra de Jorge Colaço

 

A IP – Infraestruturas de Portugal e a IP Património, em parceria com a CP – Comboios de Portugal, lançaram em maio deste ano o projeto Rotas dos Azulejos, com um convite para uma viagem virtual pela obra da autoria de Jorge Colaço.

Esta Rota de autoria apresenta o trabalho do pintor para nove estações da rede ferroviária nacional e para algumas das antigas casas de cantoneiros.

Faça aqui a viagem por esta rota…