Conclusão da reabilitação das fachadas da Estação do Rossio

2019-08-14
Com um investimento de cerca de 130 mil euros, a empreitada teve como objetivo principal travar a evolução de patologias identificadas nas fachadas pétreas da estação, nomeadamente, fissuras, fraturas e degradação de argamassas, resultantes de vários fatores como a poluição ou os dejetos de aves.
 
Respeitando a integridade física e estética do edifício, o restauro foi efetuado com toda a minúcia utilizando as metodologias mais eficazes. Do mesmo modo, os materiais utilizados foram selecionados tendo em consideração a sua compatibilidade com o conjunto a tratar, a sua estabilidade no tempo e a sua reversibilidade.
 
Desenvolveu-se um conjunto de operações contributivas para o incremento da resistência física e estabilidade química dos materiais empregues e para a preservação do imóvel, que envolveram nomeadamente, a limpeza, eliminação e prevenção de colonização biológica, tratamento de juntas e lacunas, consolidação de elementos, micro estucagem e restituição de volumes.
 
 
No âmbito dos trabalhos foi também realizada uma intervenção de manutenção na estrutura da torre do relógio, situada centralmente ao nível da cobertura da estação. 
 
A obra, cuja fiscalização foi assegurada pela IP, contou com a assessoria técnica do LNEC - Laboratório Nacional de Engenharia Civil.
 
Pela grande dimensão dos alçados, a intervenção foi desenvolvida em três fases, procurando assim minimizar os impactos junto dos utentes da estação, bem como dos concessionários, cafés, restaurantes, hotéis e lojas, instaladas no imóvel e na envolvente.
 
 
Cronologia da Estação do Rossio
  • Inaugurada a 11 de junho de 1890;
  • Classificada pelo Instituto Português do Património Arquitetónico como “Imóvel de Interesse Público” em 1971;
  • Distinguida com uma menção honrosa nos Brunel Awards;
  • Designada pela revista norte-americana Flavorwire como uma das 10 mais belas estações do mundo;
  • Premiada pela publicaçãoTravel + Leisure como uma das 14 mais bonitas estações do mundo.