Conclusão da Beneficiação da EN14

2019-07-01
A Infraestruturas de Portugal concluiu no dia 2 de julho, a obra de beneficiação da EN14 entre a Rotunda de Santana ao quilómetro 21,6 e a Rotunda da Variante de Famalicão, ao quilómetro 25,6. 
 
No troço compreendido entre Vitória, ao quilómetro 24, e a Rotunda da Variante de Famalicão foi adotado um perfil transversal de 2x2 vias.
 
Esta empreitada teve custo total de 3,26 milhões, cerca de 700 mil euros abaixo do preço base do concurso e foi executada em 420 dias.
 
A intervenção foi desenvolvida no âmbito do Programa de Valorização das Áreas Empresariais, que visa a beneficiação das ligações rodoviárias entre áreas empresariais já consolidadas e a rede viária existente, e que tem como principais objetivos reforçar a competitividade das empresas, potenciar a criação de emprego e aumentar as exportações. 
 
A empreitada compreendeu uma intervenção sobre a estrada atual, com duas abordagens distintas:
  • Uma relativa à beneficiação, entre Santana e Vitória, com a recuperação do pavimento e a reabilitação dos sistemas de drenagem e de sinalização, que incluiu a construção de uma nova rotunda no início do traçado que permitirá assegurar a futura ligação à Área de Localização Empresarial de Famalicão Sul – Lousado, onde se localizam as instalações da Mabor-Continental. 
  • E uma segunda intervenção, com a duplicação de vias entre Vitória e a rotunda da Variante Nascente de Famalicão, promovendo a alargamento para o lado direito, adotando um perfil transversal de 2x2 vias com separador central. Assim, foi reconstruído o pavimento, todo o sistema de drenagem e a sinalização, nomeadamente a instalação de sistemas semafóricos para controlo de velocidade de atravessamento de peões. Neste troço foi ainda construída uma nova rotunda, ao km 24,6, para articulação com a rede viária local.
Tratando-se de uma via urbana com condicionamentos urbanísticos, ao longo de todo o traçado foi necessária a construção de muros de suporte, o restabelecimento das acessibilidades e intervenções ao nível dos serviços afetados, nomeadamente nas redes de abastecimento de água, saneamento, telecomunicações e elétricas.
 
Em articulação com a autarquia de Vila Nova de Famalicão e a EDP, foi também reformulada a rede de iluminação pública, com instalação de luminárias com tecnologia LED em toda a extensão do lanço duplicado.
 
A concretização desta intervenção veio reforçar significativamente as condições de segurança e de circulação, principalmente ao nível das acessibilidades às zonas industriais de Famalicão Sul - Lousado e Ribeirão.