Colocação de nova Rede de Vedação no IP2

2020-05-19

No âmbito do projeto LIFE LINES - Redes de Infraestruturas Lineares com Soluções Ecológicas, vai ser colocada uma nova Rede de Vedação, entre o quilómetro 210 e o quilómetro 226 do IP2, em Estremoz, distrito de Évora. O investimento é de cerca de 230 mil euros e o prazo de execução dos trabalhos é de 90 dias.

Ao longo de 16 quilómetros será removida a vedação existente, sendo esta substituída por uma vedação de malha progressiva, impossibilitando a passagem de animais para a via e Nós de acesso, delimitando os contornos da zona afeta à estrada em causa. 

A nova vedação será reforçada com uma rede adicional, com malha mais apertada, tendo em conta os animais de pequeno porte, a qual será acoplada à rede principal e dobrada em “L” com a base enterrada, o que impede a existência de espaçamentos entre o solo e a rede, e dificulta as tentativas de escavação sob a mesma, ação muito característica de algumas espécies. A intervenção inclui ainda a colocação de portões basculantes de 500 em 500 metros.

Estes trabalhos têm o objetivo de implementar e avaliar medidas de minimização dos efeitos negativos das infraestruturas lineares em várias espécies de fauna. Pretende ainda promover a criação, ao longo das mesmas, de uma Infraestrutura Verde de suporte ao incremento e conservação da biodiversidade.

A Infraestruturas de Portugal integra desde a primeira hora o projeto LIFE LINES tendo já desenvolvido e implementado várias soluções de proteção da biodiversidade nas infraestruturas rodoviárias sob sua gestão direta. 

O LIFE LINES é um projeto coordenado pela Universidade de Évora, tendo como parceiros a Infraestruturas de Portugal, as Câmaras Municipais de Évora e Montemor-o-Novo, a Marca - uma Associação de Desenvolvimento Local -, a Quercus, a Associação Nacional de Conservação da Natureza e as Universidades de Aveiro e do Porto (Faculdade de Ciências).