Adjudicada abertura do canal na Baixa para instalação do ‘metro bus’  em Coimbra.

2020-07-23

A administração da Metro Mondego (MM) deliberou no dia 22 de julho, adjudicar à empresa Veiga Lopes a empreitada de abertura do canal na Baixa de Coimbra, que permitirá a execução da Linha do Hospital do Sistema de Mobilidade do Mondego (SMM).

 

A abertura desta via que ligará a frente de rio Mondego à Rua da Sofia, envolve um investimento de cerca de três milhões e 249 mil euros.

O empreendimento, que deverá ser executado no prazo de cerca de dois anos (23 meses), prevê a reconstrução de vários imóveis e a construção do edifício-ponte na Rua da Sofia, da autoria do arquiteto Gonçalo Byrne, que irá permitir a passagem do ‘metro bus’.

Com a intervenção, ficarão disponíveis dois edifícios, com uma área de construção de cerca de dois mil e 600 m2, destinados a comércio, restauração, serviços e habitação.

A Linha do Hospital, em que esta empreitada se insere, fará “a ligação da zona da Baixa de Coimbra e da Linha da Lousã à zona de Celas, onde se localiza um importante complexo de saúde” – Hospitais da Universidade (HUC), Hospital Pediátrico e Instituto Português de Oncologia (IPO), faculdades de Medicina e de Farmácia (polo III da Universidade de Coimbra) – e “vários Institutos de investigação e outros equipamentos de importância estratégica para a cidade e para a região.

 

Ver notícia relacionada - Lançamento do Concurso do troço urbano de Coimbra entre a Portagem e o Alto de São João