Peça de teatro " A pele que tenho em mim"

A peça de teatro “A pele que tenho em mim”, vai estar em exebição nas Estações de Santa Apolónia, Cais do Sodré, Braga e São Bento. Esta inicitiva faz parte da campanha de sensibilização para a doença da psoríase, da responsabilidade da PSO Portugal e que conta com o apoio da Infraestruturas de Portugal e pretende sensibilizar a sociedade para uma patologia que afeta mais de 250 mil pessoas em Portugal, oferencendo aos utilizadores das nossas estações a oportunidade de assistir a um espetáculo num ambiente diferente.
 
Desenvolvida e produzida pela ACE Teatro do Bolhão, com direção artística de António Capelo, esta peça feita de histórias reais, que levam o espectador a vestir a pele de uma pessoa com psoríase que enfrenta os desafios de aprender a conviver com a doença.
 
 
Cais do Codré - 21 de fevereiro - 17h00. 
 
Sinopse da peça “A pele que tenho em mim”
 
A Pele Que Tenho em Mim pretende ser uma abertura na relação que temos com a psoríase. É uma espécie de desfile de histórias carregadas de humanidade, pessoas comuns com as suas rotinas e com as suas questões primordiais. Uma forma leve e poética de tratar um acontecimento que pode ser doloroso. Mas ninguém está sozinho no mundo, afinal. E juntos somos sempre mais fortes.
 
 
A pele que tenho em mim cartaz