Exposição “Pontes que nos unem”

Exposição alusiva ao 50º aniversário da Ponte 25 de Abril, patente, desde 9 de junho, no Museu Nacional Ferroviário.

A ideia central é “colocar os visitantes no ambiente” que se vivia na altura da construção da Ponte sobre o Tejo, focando como os acessos rodoviários começaram a “revolucionar” o País, e de forma decisiva, a margem sul do Tejo.

Além de revelar a vida e as caraterísticas da cidade em 1966 (anos 60/70), esta exposição acentua a evolução provocada pelos acessos rodoviários, pela ponte e anos depois pelo complemento com a ferrovia, e o seu papel no desenvolvimento económico do País.