Investimento/Projeto

A conceção das infraestruturas rodoferroviárias tem integrado a dimensão ambiental, não só por imposição da legislação em vigor, mas pelo reconhecimento das vantagens desta prática.

A avaliação ambiental prévia dos projetos e diferentes ações é de uma importância crítica à execução dos investimentos, por pôr em prática o princípio da prevenção. Por esta via se antecipam os impactos previsivelmente gerados e as soluções são integradas na conceção dos projetos e modelos de gestão das atividades.

Este instrumento é hoje uma realidade incontornável e muito relevante para o desenvolvimento dos projetos em harmonia e respeito para com o ambiente e o património cultural.

A manutenção de um relacionamento que se pretende transparente, curial e de exigência mútua com todos os organismos que tutelam as diversas matérias, é essencial para tornar os processos de aprovação eficientes e efetivos.

A Avaliação de Impacte Ambiental de projetos é a expressão mais visível desta realidade na IP.

Contudo a prática evidencia uma abordagem mais ampla e alargada a projetos e ações, que não se enquadram no Regime Jurídico Específico (D.L. 151-B/2013 de 31 de outubro), pelas reconhecidas vantagens que esta metodologia apresenta, na gestão posterior das intervenções.

 

Gestão de Projetos