Energia

A gestão da energia na dupla dimensão de racionalização de consumos, melhoria da eficiência e diversificação de fontes, é uma realidade que se pretende aprofundar.

Numa ótica de incremento da eficiência energética na operação da rede, em 2014 deu-se continuidade à instalação de 56 novas instalações com suporte de alimentação a energia solar, bem como ocorreu a substituição de cerca de 5.000 lâmpadas convencionais, por lâmpadas com tecnologia LED.

Ainda no campo da diversificação de fontes de energia, têm vindo a ser utilizadas as coberturas dos edifícios para a instalação de painéis fotovoltaicos que alimentam a rede energética.

As modernizações implementadas nas instalações elétricas semafóricas até ao ano de 2014, permitiram reduzir a potência contratada em 112 instalações, conseguindo-se uma redução de 270 KW para 102 KW.

Têm sido concretizados investimentos nas instalações elétricas e sistemas de iluminação (em edifícios e estações) privilegiando o momento em que se esgota o tempo de vida dos equipamentos. As intervenções nestas instalações visam melhorar os processos de manutenção conseguindo ainda ganhos ao nível da eficiência energética.

Mantém-se o processo de melhoria da eficiência dos equipamentos eletromecânicos (ascensores e escadas rolantes nas estações), dotando-os com sistemas que regulam a sua carga em função do funcionamento dos mesmos.

Consumo de energia